Áreas de Atuação

Fisioterapia – Áreas de Atuação

kjk

Olá, tudo bem?

No final de semana percebi o quão desinformadas são as pessoas sobre as áreas de atuação da fisioterapia, muitos acreditam que só atuamos na área gerontológica – área especializada na pessoa idosa – em clínicas ou pilates. Afinal, você sabe onde podemos atuar? Só trabalhamos em clínicas?

Temos um amplo campo de atuação:

  • Hospital: fisio respiratória em UTI (o que um fisio faz na UTI? A fisio aplicada na UTI atua de maneira complexa no amplo gerenciamento do funcionamento do sistema respiratório e de todas as atividades correlacionadas com a otimização da função ventilatória. É fundamental que as vias aéreas estejam sem secreção e os músculos respiratórios funcionem adequadamente. Auxilia na manutenção das funções vitais de diversos sistemas corporais, pois atua na prevenção e/ou no tratamento das doenças cardiopulmonares, circulatórias e musculares, reduzindo assim a chance de possíveis complicações clínicas. Ela também atua na melhora do suporte ventilatório, através da monitorização contínua dos gases que entram e saem dos pulmões e dos aparelhos que são utilizados para que os pacientes respirem melhor. O fisioterapeuta também possui o objetivo de trabalhar a força dos músculos, diminuir a retração de tendões e evitar os vícios posturais que podem provocar contraturas e úlceras de pressão) e leitos, fisio motora em todas as incapacidades funcionais do aparelho locomotor, sendo a área ortopédica a de maior atuação, seguida de neurologia, clínica médica e o pré e pós operatório geral. Recentemente ganhamos espaço para atuação motora e analgésica na área de oncologia;
  • Clínica: atuação para diversas áreas fisioterapêuticas;
  • NASF – Núcleo de Apoio a Saúde da Família: o fisioterapeuta atua visando a prevenção e reabilitação das doenças, traçando aspectos importantes para a saúde coletiva, visando à melhoria da qualidade de vida da população atendida. Atividades propostas: visita domiciliar, atendimento individual, participação em reuniões de equipe, educação permanente e atendimentos coletivos através de grupos;
  • Empresas: fisioterapeuta do trabalho deverá ser um profissional ativo nos processos de planejamento e implantação de programas destinados a educação do trabalhador nos temas referentes a acidente do trabalho, doença funcional/ocupacional e educação para a saúde (Artigo 4º – Resolução 259/2003);
  • Equoterapia: a terapia com equinos junto à fisioterapia utiliza o cavalo como instrumento cinesioterápico no atendimento de pessoas com necessidades especiais para uma possível melhora motora do alinhamento corporal, para o controle das sinergias globais e aumento do equilíbrio estático e dinâmico;
  • Docência: ministrar aulas;
  • Pesquisas.

Algumas áreas:

  • Saúde da Mulher: fisioterapeuta estuda as diferentes fases do ciclo de vida da mulher – puberdade, fase adulta, gestação, parto, pós-parto e o climatério – nessas fases serão abordados a anatomia fisiológica, bem como as disfunções patológicas clínicas envolvidas com a fisioterapia. Exemplo: atua-se com mulheres que sofrem incontinências urinárias, trabalhando a reabilitação dos músculos do assoalho pélvico; com mulheres mastectomizadas  – mulheres que precisaram remover a mama – que sofrem de linfedema, mais um exemplo é o trabalho com as gestantes, com objetivo de melhorar as alterações posturais que sofrem durante a gestação;
  • Ortopedia: abrange muitas patologias – doenças – como lesões esportivas, pós-operatório, atendendo pacientes de todas as idades. Possui vastos recursos para se trabalhar, como hidro, eletro, frio e calor;
  • Neurologia Adulto: patologias comuns tratadas na neuro são o AVE – Acidente Vascular Encefálico, Parkinson, Alzheimer e traumas. Utiliza-se recursos como cinesioterapia, mecanoterapia (creio que seja o próximo assunto 🙂 ) e hidroterapia;
  • Gerontologia: estuda, previne e trata as disfunções decorrentes do processo de envelhecimento, mediante a administração de condutas fisioterapêuticas, prevenindo problemas funcionais e promovendo a recuperação funcional global de pessoas idosas;
  • Saúde da Criança: especialidade que utiliza de métodos e técnicas próprias para o tratamento de enfermidades de recém-nascidos, crianças e adolescentes;
  • Fisioterapia Desportiva: atua diretamente nas atividades esportivas, na preparação, prevenção e recuperação de lesões no processo de reabilitação de atletas em clubes, academias.

Estas são algumas das especialidades disponíveis para o fisioterapeuta, porém, poucas pessoas sabem. Já sabem que área seguir? Para entrar em contato para dúvidas e opiniões, basta enviar e-mail. 😉

Até o próximo post, beijos!

Referências:

Fisioterapia na UTI: http://www.assobrafir.com.br/pagina.asp?area=87&secao=90

Fisioterapia do Trabalho: http://www.coffito.org.br/site/index.php/home/resolucoes-coffito/332-resolucao-n-259-2003-dispoe-sobre-a-fisioterapia-do-trabalho-e-da-outras-providencias.html

Anúncios

3 comentários em “Fisioterapia – Áreas de Atuação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s