Anatomia · Avaliação · Segundo Ano

Testes – Parte 1

Olá, tudo bem?

Estive aproveitando as minhas férias (lendo, vendo séries, passeando, dormindo ahaha), afinal, todo estudante merece aproveitar o tempinho sem preocupações relacionadas à matérias acumuladas, certo? AHAHA 😀

Hoje irei começar a falar sobre testes que realizamos em avaliações. Existem testes que possuem mais de um nome, porém, não sofrem nenhuma alteração no modo de realizá-los. Iremos começar com a ATM, vamos lá? Antes de falar especificamente sobre o teste, vamos relembrar um pouco sobre a ATM.

A articulação temporomandibular (ATM) é uma das articulações mais usadas,trata-se de uma estrutura que conecta a mandíbula aos ossos temporais do crânio. A ATM nos permite falar, comer, beijar, entre outros. Ela abre e fecha até, aproximadamente, duas mil vezes por dia. Está localizada a frente da orelha e na extremidade póstero-superior da mandíbula, possui alguns componentes, como por exemplo, disco articular, cápsula, ligamentos, músculo temporal, entre outros.

blog

Na posição de repouso, a boca permanece ligeiramente aberta, os lábios estão em leve contato, os dentes não estão em contato e o espaço entre eles é denominado “espaço livre” ou “interoclusal” e  a mandíbula relaxada, ou seja, sem tensão. Nesta posição, os músculos mandibulares estão em contração mínima, apenas para manter a postura. Dor, postura e stress são exemplos de fatores que podem alterar esta posição, se a cabeça for projetada para trás, o espaço livre será maior; por outro lado, se for projetada para frente, diminuirá ou eliminará o espaço. A posição de repouso é importante para o alívio de estruturas e descanso muscular.

Por ser uma articulação muito utilizada, é comum apresentar disfunções – disfunção temporomandibular (DTM). Na avaliação perguntamos sobre hábitos de mascar chicletes; dentição (bruxismo e terceiro molar são causas de DTM); postura e tensão muscular. Na inspeção, verificamos se tem presença de edemas; analisamos os movimentos e se possui desvios de face.

Já na palpação, a examinação será interna e externa; sempre bilateral, ou seja, examinamos o lado direito e depois o lado esquerdo; iremos notar se o paciente apresenta dor (quando tocarmos no local dolorido, o paciente irá relatar verbalmente ou por sua fisionomia), calor, presença de crepitação (estalido, ruído) e edema.

Testes:

  • Reflexo mandibular: abrange os músculos masseter e temporal, que são inervados  pelo nervo trigêmeo (o quinto par de nervos cranianos). Para testar, coloca-se os dedos médio e indicador (as polpas) na região mentoniana do paciente enquanto a boca deve ficar ligeiramente entreaberta, então, deve-se percutir os dedos com o martelo e a resposta esperada é que a boca se feche. Reflexo abolido ou diminuído, pode ser indicio de alguma patologia ao longo do nervo trigêmeo. Caso o fechamento ocorra de forma exacerbada, pode ser indicio de uma lesão de neurônio motor superior.

blog1

  • Teste de Chvostek: avalia o nervo facial (sétimo par de nervos cranianos) através da percussão feita na região da parótida (sob o masseter). Teste positivo quando houver contrações (espasmos) dos músculos faciais. Os músculos faciais se contrairão bruscamente em caso de hipocalcemia (taxa de cálcio no sangue abaixo do normal).

blog4

  • Teste da medida de abertura da boca: examina a amplitude de movimento (ADM) normal da ATM. Solicitar ao paciente para que abra a boca e assim, medimos a distância entre os dentes incisivos. A medida esperada é entre 3 – 6 cm ou 2 – 3 dedos de distância. Teste positivo quando a abertura for menor que 3 cm e sugere DTM.

blog2

  • Movimento temporomandibular: quando normal, a mandíbula possui movimento amplo e simétrico, ou seja, igual. A palpação pode ser feita colocando o dedo indicador na periferia do conduto auditivo externo e pressionando-o anteriormente, bilateralmente, pede-se para o paciente abrir e fechar a boca, sentindo o movimento dos côndilos mandibulares. O relato de dor/desconforto ou estalido/crepitação durante a abertura ou fechamento da boca, quando se aplica pressão, indica um teste positivo, que pode ser devido a lesão do menisco, ao aumento do líquido sinovial ou lesão capsular secundária a trauma. Outro modo de palpar é com o dedo indicador colocado dentro da boca do paciente entre a mucosa oral da boca e a gengiva além do último molar superior.

blog3

Vale lembrar que em casos de DTM por bruxismo e terceiro molar, o paciente deve consultar o dentista para solucionar o problema e com nossa ajuda poderá diminuir ou cessar a sensação dolorosa.

Bom, por hoje paramos aqui! Qualquer dúvida que possa surgir, entre em contato. Gostaria de deixar meu agradecimento aos novos seguidores e a todos que acompanham o blog, é muito gratificante pensar que talvez possa estar contribuindo com conhecimento/informação para alguém. Obrigada pessoal!

Até o próximo post, beijos! ❤

 

 

Referências:

Imagens: http://www.auladeanatomia.com/novosite/sistemas/sistema-articular/diartroses/articulacao-temporo-mandibular/

https://ericasitta.wordpress.com/2012/03/27/aspectos-a-avaliar-durante-a-mastigacao/

Conteúdo: http://www.ebah.com.br/content/ABAAAg5lUAB/posicoes-movimentos-mandibula

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s